Governador confirma concursos para PC-BA e PM-BA 

Com um déficit de servidores na segurança pública, o governador da Bahia, Rui Costa, garantiu que, em breve, haverá novos editais para suprir essa lacuna. Para isso, pretende-se abrir dois grandes concursos no estado ainda em 2019: Polícia Civil e Polícia Militar.

O anúncio foi realizado durante a primeira sessão legislativa do ano. “Vamos realizar este ano um novo concurso para a Polícia Civil e um novo concurso para a Polícia Militar. Na Polícia Civil, no ano passado, ao concluirmos o concurso, não conseguimos preencher todas as vagas, nem de delegados e nem de agentes. Vamos fazer um novo concurso para que possamos ter um maior número de delegados e atender a um pleito das mulheres da Bahia, um pleito das nossas deputadas que é a ampliação do número de DEAMs (Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher) em várias regiões do nosso estado”, declarou o governador baiano.

O principal impasse para a realização de ambos os certames é em relação ao limite prudencial do estado, estabelecido pela lei federal de responsabilidade fiscal. Apenas após o estado sair dessa situação é que serão autorizados os processos seletivos.

POLÍCIA CIVIL - BA

Diante desse anúncio, o concurseiro mais atento sabe que não dá para ficar esperando o edital, muito pelo contrário, os estudos já devem ser iniciados para sair na frente da concorrência. Afinal, as vantagens do cargo público são significativas. Conforme as expectativas, os cargos que serão ofertados para a Polícia Civil deverão ser os mesmos que abriram no último concurso, em 2018. São eles: delegado, investigador e escrivão. Em todos os casos, a exigência é de nível superior completo.

Para o cargo de delegado, a remuneração pode chegar até R$ 11.389,96. Isso considerado o salário de R$ 4.374,97, a Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ I), que gira em torno de R$ 412,71, além de outras gratificações.

Já para os cargos de investigador e escrivão, a remuneração total pode chegar ao valor de R$ 3.915,85. Nesses casos, são levados em conta o vencimento básico de R$ 1.074,34, somado à Gratificação de Atividade de Polícia Judiciária (GAPJ I),  correspondente a R$ 925,38 e outros benefícios.

Tendo como base os concursos anteriores, a expectativa é de que o concurso da Polícia Civil da Bahia seja realizado nas seguintes etapas:

1- Prova Objetiva e Discursiva: Com conteúdo formulado pela banca organizadora. 
2 - Exame Biomédico: Aplicado nos candidatos aprovados nas provas objetiva e discursiva. 
3- TAF: Teste de Aptidão Física, de caráter eliminatório, aplicada a todos os candidatos aptos no exame biomédico. 
4- Exame Psicotécnico: Avaliação que testará a saúde mental dos candidatos aprovados.  
5- Prova de Títulos: Avaliação da documentação dos candidatos. 
6- Investigação Social e de Conduta Pessoal – de caráter eliminatório, realizada durante todo o certame até a nomeação do candidato, sob a responsabilidade da Polícia Civil do Estado da Bahia – PC/BA.

ÚLTIMO CONCURSO PC-BA

A Polícia Civil da Bahia teve seu último concurso em 2018 e teve como banca a Fundação Vunesp. A prova foi realizada na capital baiana, Salvador. Na época, foram ofertadas 1000 vagas, distribuídas entre os cargos de delegado de polícia (82), investigador de polícia (880) e escrivão de polícia (38). Na ocasião, mais de 48 mil candidatos de inscreveram, com uma abstenção 22%.

POLÍCIA MILITAR – BA

Já o concurso da Polícia Militar não é uma novidade. Afinal, já haviam especulações sobre esse certame, inclusive com confirmação da assessoria de imprensa do Governo da Bahia. O concurso deverá abrir vagas para suprir o quadro de soldados da corporação. Dentre os pré-requisitos para concorrer à vaga, estão a conclusão do ensino médio ou uma formação técnica profissionalizante de nível médio. Além disso, os candidatos devem ter entre 18 e 30 anos e altura de 1,55m para as mulheres e 1,60m para os homens. O salário inicial de  um soldado é de R$ 2.585,05, isso já incluído as gratificações.

Dentre as atribuições do cargo, estão: executar o policiamento ostensivo fardado, nas diversas modalidades, a preservação da ordem pública e o exercício dos poderes constituídos; exercer a missão do policiamento ostensivo de segurança, de trânsito urbano e rodoviário, atuar de maneira repressiva, em caso de perturbação da ordem, e exercer a atividade de repressão criminal especializada; entre outras tarefas.

No último concurso, em 2017, foram abertos mais de 2000 vagas para a Polícia Militar do estado da Bahia: Salvador (526), Juazeiro (214), Feira de Santana (346), Ilhéus (250), vitória da conquista (239), Barreiras (216) e Itaberaba (209). Do total de vagas, 1.819 foram destinados para os homens e 181 para mulheres.

Na época, o certame foi realizado com duas etapas: objetiva e avaliação discursiva. O teste objetivo foi composto por 80 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos gerais e 50 de conhecimentos específicos.

Chegou até aqui? Então, que tal compartilhar essa matéria com seus amigos? 

Carregando...