SESIPE-DF: Edital para agente penitenciário com 1.100 vagas deve sair ainda este ano

Os concurseiros que estão afoitos por um concurso na área de agente penitenciário no Distrito Federal já podem iniciar os estudos, pois conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) deverá ser aberto concurso ainda este ano para suprir a demanda de servidores. Segundo a própria secretaria, o edital terá a oferta de 1.100 vagas.

                        COMECE AGORA A SUA PREPARAÇÃO E SAIA NA FRENTE DOS SEUS CONCORRENTES!

Para se candidatar ao concurso da Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe-DF), é necessário ter nível superior em qualquer área. A remuneração inicial é de R$ 4.745,00. Além disso, os servidores recebem uma série de benefícios:

  • Auxílio-alimentação
  • Gratificações por habilitação em atividades penitenciárias
  • Adicional por tempo de serviço
  • Adicional de insalubridade.

Uma das razões que esse concurso atrai muitos interessados é que é uma carreira promissora, visto que um agente penitenciário com cerca de dez anos de atuação recebe até R$ 8 mil. Vale destacar que com a realização do concurso, a média de internos por servidor será de 5,6, algo que chega bem perto do recomendado pelo Conselho Nacional de Polícia Criminal e Penitenciária, que é de 5 por agente. Ou seja, o servidor trabalhará com uma condição favorável ao exercício da profissão.

Déficit
De acordo com recente levantamento em julho deste ano, o sistema prisional do Distrito Federal conta com quase 17 mil presos e cerca de 2 mil servidores em atividade, revelando um déficit significativo de agentes nas unidades. Por isso, é tão necessário um novo certame para a contratação de novos servidores. O que se sabe por enquanto é que o processo para viabilizar o certame ainda está à mercê de autorização.

Último Concurso
Já faz muito tempo que o Sesipe-DF não tem concurso. A última vez que candidatos foram selecionados ocorreu em 2014/2015. Na ocasião, foram abertas 200 vagas imediatas e 900 de cadastro reserva para agentes penitenciários. A Fundação Universa foi a banca responsável pelo certame, que contou com as seguintes etapas:

  • Prova objetiva
  • Teste de Aptidão Física
  • Avaliação psicológica
  • Sindicância de vida pregressa
  • Investigação social
  • Curso de Formação.

*A prova objetiva, por sua vez, contou com 150 questões com duração de 4 horas. A avaliação foi realizada em Brasília.

O que faz um agente penitenciário?
Achou interessante essa carreira e seus benefícios, mas ainda não sabe ao certo o que faz um agente penitenciário? Confira agora algumas das principais atividades que um servidor deverá fazer quando em exercício: operacionalizar tarefas de atendimento, serviço de vigilância, custódia, guarda, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais do Distrito Federal; acompanhar, instruir e orientar os processos de reeducação, reintegração social e ressocialização do detento; executar as rotinas de visitação aos presos e promover as revistas aos que adentram nos estabelecimentos penais e entre outros.

Cris Güetter

Cris Güetter é jornalista, formada pela Universidade Paranaense desde 2009. Tem em sua essência o jornalismo impresso; enraizado em seu DNA. Já atuou como repórter, editora, chefe de redação e como diretora de conteúdo numa agência de marketing digital. É apaixonada por cinema, viciada sem chances de reabilitação em viagens e defensora convicta de que trilha sonora é essencial. Agora, seu foco é informar sobre o universo dos concursos! 

Carregando...