Fique alerta: Confira a análise da última prova do INSS!

O concurso do INSS é um dos mais esperados, especialmente para o cargo de Técnico do Seguro Social. Não só pela remuneração, que inicialmente é de R$ 5.344, 87, já somado o auxílio-refeição, mas também a grande oferta de vagas que são quase de 7.900. Por tudo isso, o concurso do INSS é, de fato, uma excelente oportunidade para finalmente conquistar a tão sonhada estabilidade.

Para ajudá-lo a conquistá-la, um ponto importante é analisar a última prova do INSS. Quais assuntos mais foram cobrados? Quais as disciplinas? A quantidade de questões? Tudo isso precisa ser visto. Confira!

Por que fazer uma análise da última prova do INSS?
Você pode estar pensando que como a banca ainda não foi escolhida, esses pontos podem ser diferentes no próximo certame. Mas como só temos essa informação para tomar como base, já que não temos banca definida, nem mesmo suspeita, é isso que faremos.

O fato é que analisar a última prova do INSS é uma forma de direcionar os seus estudos. Afinal de contas, a banca organizadora não decide sozinha o que vai ou não ser cobrado no certame. Ela precisa do aval da comissão organizadora do concurso. Portanto, os assuntos cobrados também ajudam a entender o que o INSS quer do candidato.

                                          SEU FOCO É O INSS? CLIQUE AQUI E ESTUDE COM OS MELHORES PROFESSORES! 

Analisando a prova

Seguridade Social
No último concurso, que teve como cargos o de Técnico do Seguro Social (nível médio) e o de Analista do INSS para Assistente Social (nível superior), o assunto Seguridade Social foi um dos mais cobrados. Das 120 questões — típico do Cespe — 70 questões foram de conhecimentos específicos, ou seja, sobre Seguridade Social.
Isso não significa que essa quantidade de questões sobre o assunto vá se repetir, só reforça a importância de estudar todos os assuntos que estão no edital, sem deixar nada de lado. Se tiver um tempo extra, dedique-se mais a este assunto.

Noções de Informática
Informática pode ser a pedra no sapato de muita gente, mas você não precisa se assustar. No último concurso, foram cobrados os conceitos mais básicos sobre o assunto. Portanto, não há a necessidade de um grande aprofundamento nessas questões. Resolver muitos exercícios e estudar por um bom material é fundamental e o bastante.

Raciocínio Lógico
Outra disciplina que costuma deixar os concurseiros tensos, especialmente aqueles que não se dão muito bem com matemática ou interpretação de texto. Como foi o Cespe que organizou o certame, aqui foram cobrados assuntos como proposições lógicas e nossa velha conhecida, a Tabela Verdade. Ela precisa estar na ponta da língua.

Português
No total, foram 14 questões de português, ou seja, a matéria representou 11% da prova. Sendo que, entre os assuntos mais cobrados, interpretação de texto precisa de maior atenção. Se a banca for a mesma, vale a pena focar para garantir as questões de português que não costumam ser muito complexas.

Noções de Direito Administrativo
Veja que o edital fala de noções. Isso significa que não é necessário se aprofundar tanto nessa matéria. Porém, o edital cobrou vários pontos e ela representou 6% da prova, ou seja, 8 questões. Não foram muitas, mas como é um assunto sem muita complexidade, vale a pena se dedicar.

Noções de Direito Constitucional
Aqui tivemos, de fato, uma prova bem enxuta. Os assuntos mais cobrados estão entre o artigo 5º e o 37º da Constituição Federal. Porém, estude todo o edital. Nele, por exemplo, temos a cobrança do tema Administração Pública, que vai do artigo 37 ao 41.

Lei 8.112/90
Em se tratando de um concurso federal já é esperada a cobrança dessa lei, o Regime Jurídico Único. Na cobrança da prova, foram 7 questões sobre o assunto. A melhor forma de estudá-lo é fazendo muitas questões para gravar os conceitos na memória de longo prazo.

Ética
Um assunto que muita gente costuma negligenciar por achá-lo subjetivo e acreditar que entende. Mas aqui é uma oportunidade de aproveitar para acertar o máximo de questões. O assunto é muito pequeno e, por isso, vale a pena a leitura.

Quer receber mais dicas sobre o concurso do INSS e aumentar a sua produtividade nos estudos? Então, assine a nossa newsletter!

Calila Galvão

Calila Galvão, redatora freelancer e graduada em fisioterapia. Concurseira desde 2013 e aprovada no concurso de Bombeiro Militar da Bahia.

Carregando...