Concurso do INSS: Superintendente fala em 17 mil vagas e edital ainda no primeiro semestre

Está ansioso esperando o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social? Contenha a ansiedade, mas já comece a estudar, pois a notícia é ótima. Conforme o superintendente do INSS no Piauí, Ney Ferraz, serão ofertas mais de 17 mil vagas em todo o País e o edital será divulgado ainda no primeiro semestre deste ano. A declaração foi dada durante uma entrevista ao telejornal da Rede Clube, afiliada da TV Globo no estado.

Embora ainda não tenha sido nada publicado no Diário Oficial da União, o superintendente revelou que “o ex-presidente do INSS, Edison Garcia, deu o pontapé inicial. Já há um concurso autorizado pelo Ministro do Planejamento”, afirmou.

Durante a entrevista, Ferraz, ainda destacou que o concurso será para os cargos de assistente social, serviço meio (técnico e analista) e para médicos peritos. Para os cargos de assistente social, analista e médico perito, é exigido o ensino superior. Já para técnico, o candidato precisa ter concluído o ensino médio. Os rendimentos variam de R$ 5,3 mil a R$ 14,9 mil.

A assessoria de imprensa do INSS ainda não se manifestou sobre a declaração do superintendente piauiense.

Déficit de profissionais

Como divulgado pelo próprio órgão e também aqui no blog, em 2018 cerca de 3 mil servidores se aposentaram e somente em janeiro deste ano mais de 11 mil servidores estavam em abono de permanência, podendo se aposentar a qualquer momento, o que corresponde a aproximadamente 35% do seu quadro. Ou seja, o déficit de servidores é algo que está a beira do colapso. Aliás, a falta de profissionais nas instituições de todo o País já é uma realidade que tem afetado diretamente o atendimento à população, gerando reclamações por todo o Brasil.

Vale lembrar que no final de 2018 muitos certames tiveram seus pedidos de autorização arquivados, dentre eles, um pedido do INSS. O antigo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), atual Ministério da Cidadania, esclareceu por meio de sua assessoria de imprensa que a solicitação do INSS arquivada era para convocar excedentes do último concurso realizado em 2015.

ÚLTIMO CONCURSO

O último concurso do INSS foi realizado em 2016. Na época, o órgão abriu 950 vagas, distribuídas entre 800 para o cargo de técnico e 150 para analista. Sobre esse certame, o Instituto já garantiu a nomeação de 500 aprovados, os demais 450 ainda estão na espera para a pasta autorizar, o que deve acontecer já no próximo mês.

Ainda sobre isso, é de conhecimento geral que o INSS deverá convocar excedentes. Se o pedido receber a autorização do governo, serão nomeados mais 475 aprovados, sendo 400 de técnico e 75 de analista, totalizando 1.425 contratações.

A convocação de excedentes não é algo inédito no concurso do INSS. Em 2011, quando ocorreu o último concurso voltado para os cargos de técnico e perito, foram realizadas 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital.

O Instituto

Atualmente, o Instituto Nacional de Seguro Social conta com mais de 33 mil servidores para atender uma demanda de mais de 4 milhões de cidadãos que procuram atendimento pessoalmente nas agências de todo o Brasil mensalmente. Somado a isso, há ainda a demanda via ligações telefônicas, que já ultrapassam os mais de 6 milhões telefonemas por mês. Um número impressionante e que exige servidores aptos ao atendimento via as centrais de atendimento.

Gostou desta notícia? Compartilhe em suas redes sociais! 

 

 

Carregando...